Já abriu o novo Olivier

  • Já abriu o novo Olivier
12 Mai 2017

Nova decoração, novo conceito, novo nome e muitas, muitas novidades na carta. O Olivier Avenida, o mais antigo restaurante de um dos mais conceituados chefs portugueses acaba de reabrir e já está a dar que falar [Hiperlink: https://nit.pt/buzzfood/restaurantes/tudo-o-que-mudou-no-novo-e-mais-antigo-restaurante-de-olivier]. O espaço, que agora se chama simplesmente Olivier, foi completamente renovado, para criar um ambiente moderno e exclusivo e a carta revela uma inspiração mediterrânica com forte associação à cidade de Lisboa e à sua vocação cosmopolita.

O restaurante mantém-se na sua casa de sempre, no AVANI Avenida Liberdade Lisbon Hotel (antigo Hotel Tivoli Jardim), e tem agora uma esplanada para dar aos seus clientes a possibilidade de aproveitar os dias de sol da capital enquanto desfrutam da melhor cozinha de autor de Lisboa. Outra das novidades do novo Olivier está na decoração: o espaço ficou mais leve, mais claro e o já histórico quadro da caveira deu lugar a um bando de andorinhas.

A única coisa que se mantém inalterada é a irreverência de Olivier da Costa, que pode encontrar-se numa carta que desvenda os tradicionais pratos da cozinha contemporânea de Lisboa, com o famoso twist do chef. No Olivier é possível encontrar a experiência de conhecidos pratos criados pelo restaurateur, que surpreendem pela sofisticada seleção de sabores, com destaque para o ‘Polvo grelhado VS bacalhau (em que o árbitro é o ovo)’ ou a ‘Massa da minha tia Carolina’.

Além destas originais denominações, foram acrescentados uns carpaccios frescos e leves, saladas, massas e risotos repletos de novidades como o queijo da ilha, os espargos verdes, ou a trufa preta. As entradas duplas para partilhar são outras das novidades da carta, que introduz o conceito de food sharing. ‘Cogumelos Portobello recheados com espargos verdes e gorgonzola’, ‘Croquete de morcela e rabo de boi com Dijon doce e maçã verde’ ou ‘Nigiri de salmão marinado com salada polaca’ são algumas das opções para dividir a dois.

Este “desafio gastronómico”, como descreve Olivier da Costa, foi “concebido para criar uma experiência dos sentidos, para que cada cliente possa aqui desfrutar de uma experiência irrepetível”. “Inovar e surpreender os meus clientes é um desafio que imponho a mim próprio”, revela o chef, sublinhando que a maioria dos pratos presentes na carta do Olivier são novidades pensadas para partilhar, havendo mesmo uma secção da carta denominada “Para Partilhar”, onde se podem encontrar sugestões como cogumelos Portobello recheados com espargos verdes e gorgonzola, batatas bravas com maionese picante, alheira de caça com grelos e ovo de codorniz ou empadinha de galinha com tártaro de tomate.

Olivier da Costa refere ainda que, pela sua localização, o novo restaurante poderá ser um espaço de referência para o chamado ‘almoço rápido’, com toda a sofisticação que uma refeição ligeira possa oferecer, num espaço pensado também para reuniões de negócios de clientes apreciadores de constante inovação na confeção dos pratos.

Comments are closed.

FacebookTwitter